quinta-feira, 28 de março de 2019

COPASA - ESTA SERÁ A GRANDE BATALHA A SER ENFRENTADA.


CODEMIG – Como vereador, Mário Alves, travou batalhas com a CODEMIG participando de duas Audiências Públicas na Câmara Municipal de Caxambu e duas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, nas quais sempre saiu em defesa do nosso maior patrimônio, ou seja, de nossa joia, de "nosso Parque das Águas". A Companhia de Desenvolvimento do alto de sua imponência, através de sua diretoria, usando de todo seu poderio para tentar lhe intimidar apelou, ingressando na justiça com uma Ação contra o vereador. Agora, embora desconfiando, Alves espera que a nova diretoria da CODEMIG/CODEMG cumpra com suas obrigações no que tange a recuperação de nosso Parque das Águas. Para o vereador: “Para ficar bom falta muito, pois, estão apenas fazendo pequenas obras (recuperação do calçamento das alamedas, troca de alambrado, troca de grades, recuperação dos passeios externos). Quero saber da concretização das grandes obras (desassoreamento do lago, obras para reabertura do balneário, revitalização de todas as fontes e, a devida divulgação da nossa marca para o mundo). Continuarei desconfiado de suas boas intenções até que me provem o contrário


GOVERNO DE MINAS – Como vereador, Mário Alves, travou batalhas com o governo de Minas, na pessoa do ex-governador Fernando Pimentel. Aquele SAFADO que prejudicou em muito os municípios mineiros, em especial a nossa querida Caxambu. Esta foi uma luta que, inclusive, "lhe custou um infarto, sofrido na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, quando esteve lá para defender os interesses do nosso povo"


POSTOS DE GASOLINA – Como vereador, Mário Alves, travou batalha com os proprietários de postos de gasolina sobre eventual formação de cartel para definir os preços dos combustíveis praticados em Caxambu. Uma luta dura, pois, uma andorinha só não faz verão. Em que pese ANP entender que não existem elementos suficientes para que cheguem a esta conclusão, Alves continua defendendo a tese que: nós, O POVO, podemos virar este jogo


PREÇO DE MEDICAMENTOS – Como vereador, Mario Alves, recentemente travou batalha com determinada farmácia por conta dos altos preços de medicamentos praticados pela mesma. E, em que pese ele estar lutando pelo direito de nosso povo, pasmem, foi criticado por algumas pessoas que lhes são oposição. Contudo, a sua vigilância continuará a mesma, bem como a sua vontade de continuar lutando em favor dos consumidores. A intenção de Alves "nunca foi a de prejudicar qualquer comerciante, seja de que seguimento for. Na verdade, a sua intenção sempre foi a de leva-los a refletir sobre o que estão fazendo com o nosso povo"

Diga-se de passagem, nestes dois últimos casos o vereador Mário Alves estava também lutando pelos funcionários e funcionárias dos respectivos seguimentos. "Afinal eles e elas também são consumidores e consumidoras e, assim sendo não podem ser prejudicados pelos preços praticados por seus próprios patrões"


ATERRO SANITÁRIO – Como vereador, Mario Alves, mais recentemente ainda, está travando uma batalha por conta de um Aterro Sanitário que pretendem instalar na região denominada “Avanço”, e, localizada bem na divisa entre os municípios de Caxambu e Baependi. Alves foi contrário desde o primeiro momento a tal empreendimento e, assim sendo manifestou-se dizendo: continuarei nesta saga, custe o que custar, sempre em defesa da preservação do meio ambiente, em especial de nossas águas



COPASA – Esta, sem dúvida alguma, no ponto de vista do Vereador Mário Alves, será A MÃE DE TODAS AS BATALHAS, ou seja, a renovação do Contrato para Prestação de Serviços Públicos de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário, firmado entre o Município de Caxambu e a COPASA. Para quem não sabe, Alves foi um dos líderes que criou o Movimento Regional do Poder Legislativo Municipal do Sul e Sudeste de Minas, bem como do Movimento do Poder Legislativo Municipal de todo Estado de Minas Gerais, que apura as irregularidades praticadas pela COPASA. Também, foi o Presidente da 1ª Audiência Pública, realizada pela Frente Parlamentar Municipal de Investigação da COPASA, ocorrida na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Ademais, o vereador Mário Alves está em demanda judicial com a prestadora de serviço, para que a mesma cumpra lei de sua autoria que dispõe sobre a instalação do eliminador de ar. Tendo, ainda, provocado o Ministério Público para que proceda uma perícia sobre a qualidade da água que está sendo ofertada pela COPASA ao povo caxambuense. Recentemente o vereador Mário Alves encaminhou ao Exmo. Sr. Prefeito, anteprojeto de lei que “Cria o Fundo Municipal de Saneamento Básico — FMSB e dá outras providências”, para o qual a Concessionária prestadora dos serviços de Saneamento Básico deverá destinar 3% (três por cento) mensal da sua receita líquida operacional obtida no Município de Caxambu. O vereador Mário Alves acredita que "O grande anseio de todos caxambuenses é uma melhor qualidade nos serviços prestados pela COPASA e, assim sendo, não medirei esforços para que tal objetivo seja alcançado para o bem de nosso povo. Para se efetivar esta renovação de contrato, há de se fazer uma melhor análise da água que está nos sendo oferecida, uma averiguação se nosso esgoto está realmente sendo tratado 100%, bem como uma revisão nos valores apresentados nas contas, uma vez que salvo melhor juízo, são altíssimos. Ademais, a COPASA precisa oferecer uma boa contrapartida para o Município de Caxambu que poderá ser aplicada na educação, saúde, segurança e assistência social".

(barro deixado na máquina de lavar pela água fornecida pela COPASA)


(água que seria utilizada para consumo de recém-nascido)


(água que seria utilizada para se fazer alimentos)



(valor cobrado em casa que reside apenas um casal)




Para o vereador Mario Alves: "A luta não para por aqui. Temos outras questões a serem resolvidas".

Postagens Recentes

INDICAÇÃO Nº 188/2019 - PROVIDENCIAR A REVITALIZAÇÃO DA RUA CORONEL JUCA LEITE - LOCALIZADA NO BAIRRO VISTA ALEGRE

 O vereador que esta subscreve vem indicar ao Senhor Prefeito Municipal a necessidade da tomada da seguinte providência:  Provi...